Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Rumo à Academia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo Mensagem [Página 1 de 1]

1
Rumo à Academia

em Ter Ago 12, 2014 11:47 pm



O sol apenas começava a se erguer sobre a dobra do mundo quando o jovem morador do 27º Distrito do Rokungai deixava sua cama, juntando do chão a pequena trouxa com suas coisas.

Não eram muitos pertences: alguns kimonos mais leves para serem usadas à guisa de pijama, alguns pares de sandálias e roupas comuns para o cotidiano. Desceu então as escadas que guiavam da pequena residência à loja que funcionava diretamente à baixo.

As portas ainda encontravam-se fechadas, e um homem de idade já um pouco mais avançada varria o chão por trás do balcão com uma vassoura de cerdas de palha. As portas principais ainda estavam fechadas.

- É melhor que não desaponte, garoto. Esta casa já sofreu o bastante com as tuas desonras - dizia ainda fitando o chão em seu rítmico trabalho de varrer o chão. O garoto  deu apenas um breve relance de olhos na figura curvada de seu pai, os olhos cheios de uma vergonha que não saberia explicar.

Abriu a porta de madeira e papiro deslisando-a para a direita e deu os primeiros passos rumo a seu novo destino. A sua nova vida. O frio permeava o ar, logo seria inverno na Soul Society. Agora, metade do disco solar aparecia recortado por entre as casas dos demais distritos, delineando em pálido laranja a silhueta da imponente Seireitei, lançando sua sombra na direção do rapaz.

Askins era seu nome. Alto e de constituição esguia, ele caminhava pelas ruas ainda pouco movimentadas do 27º na direção daquela sombra que prometia engoli-lo. E ele sabia que ela iria. O Askins como ele próprio conhecia estava prestes a ser engolido, digerido e obliterado deste mundo. Uma nova vida deveria começar na Academia. Uma vida que pudesse redimir a repudia que agora pairava sobre o nome da família de seu pai.

Diferente da maioria das Konpakus em Rokungai, Askins não havia morrido, era fruto da relação de um antigo diretor de uma loja de departamentos, que após a morte abrira um pequeno negócio no Rokungai, e uma enfermeira que morrera após contrair um vírus que saíra de controle no hospital, e que hoje ajudava a administrar a loja.

Era uma origem um tanto quanto diferente. Graças a isso, Askis jamais passara as dificuldades mais comuns às Konpakus de Rokungai - fome, frio, solidão. No entanto, ainda assim era um rapaz quieto e pouco dado à conversas. Sempre tivera problemas com os demais rapazes da região, e depois da última confusão que resultara em uma temporária detenção no quartel de um dos esquadrões do Gotei 13, o pai que tanto se esforçara pra reconstruir a reputação que tivera em vida, agora na morte, viu-se desgraçado pelo filho, coibindo-o a tornar-se um Shinigami de respeito para reparar o dano que causara à reputação de sua família...

E era por isso que agora ele cruzava as ruas, já entrando no 26º Distrito, acompanhado pelo nascer do sol e a abertura das primeiras feiras daquele lugar. Seu destino era a Academia Shinigami. Seu destino era não mais ser um problema seu pai. Seu destino era provar o quão disciplinado poderia ser.

Ver perfil do usuário


Aizen


Olá, bem vindo ao Fórum Bleach X-Treme
Um bom Player deve ter em atenção os seguintes Detalhes
Respeite as regras
Faça sua ficha em Fichas de Personagem
Não pratique o Flood nem use double-accounts
Não peça suporte por MP
Tire Suas Duvidas No Nosso Atendimento


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum